Páginas

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Os Negros se Tornando Cidadãos - Parte 02;

Algumas abordagens construidoras de cidadanias
José Teodoro Costa

No Brasil, por características ligadas à história da sua formação cultural, o povo nunca foi estimulado a participar da sua vida política.
Hoje o País está numa fase em que, se esse desinteresse continuar, nenhuma novidade acontecerá ainda por muito tempo na vida social, cultural, política e econômica.
No que diz respeito ao povo negro, cujas organizações antirracistas não conseguem se aproximar do negro-massa, a situação ainda é muito pior, porque as diretorias de tais associações, juntas com a intelectualidade negra não conseguem achar meios de se comunicar politicamente com essas pessoas dentro das suas realidades de vida.
Por que não se pensar em novas possibilidades de se ajudar os negros-massa descobrirem que, juntos com outros que têm as mesmas necessidades, podem conquistar aquilo que individualmente nunca conseguirão.
Movimentos voluntários, obrigatoriamente apartidários, que deem aos negros-massa informações adequadas às suas realidades de vida  podem colaborar na construção da ponte capaz de ligar suas necessidades reais às suas cidadanias de fato. Existem inúmeras iniciativas pelo Brasil capazes de demonstrarem que isso é perfeitamente possível.  
Esses movimentos também apresentam um grande potencial de, por intermédio de lideranças emergidas desses movimentos, representá-los e, indiretamente, diminuir paulatinamente, os efeitos do Racismo Institucional e, por tabela, ir tirando a legitimidade do exercício do racismo social contra negros.
 Por outro lado tais movimentos também levarão à permanente ampliação da conscientização sobre o racismo na sociedade brasileira e possibilitarão às emergências futuras de legítimas e necessárias lideranças políticas das confianças dos integrantes desses movimentos sociais.
 Seguem algumas sugestões para se discutir a formação de grupos de trabalhos voluntários despertadores de cidadanias.
1) Movimento para Reconhecimento de Paternidade para Mulheres de Presos;
2) Movimento de Mães Solteiras;
3) Movimento para Melhoria da Saúde Pública em Sua Cidade ou Bairro;
4) Movimento para Registrar Pessoas nas Áreas Periféricas das Cidades;
5) Movimento para Facilitar Acesso ao Bens Públicos em Periferias;
6) Movimento para Ajudar Moradores de Ruas;
Movimento para Ajudar na Efetivação de Direitos(?);
7) Movimento Civil Organizado como Elemento de Pressão(Conscientizando, Buscando e Denunciando);
8) Movimento de Ajuda aos Jovens na Busca de Qualificação Profissional com Base em Previsões de Possibilidades de Empregos;
9) Movimentos capazes de explicarem os baixos salários no Brasil e suas relações com os impostos que os governos cobram  sobre a folha de salários;
10) Movimentos voluntários para reforços escolares com ajuda das secretarias de educação dos municípios;
11) Movimentos de esclarecimentos sobre Impostos diretos e indiretos que a população paga;

12) Outras sugestões(Deixem no Face que disponibilizo neste blog atualizando e ampliando esta lista de sugestões.).

Um comentário:

Viajante do tempo disse...

Perceber que ter emprego já é uma grande conquista. O maior desperdício do nosso tempo é acreditar que o que somos e em si influenciados na habilitação do projeto político onde aqui no Rio de Janeiro cidade Estado onde o imperialismo econômico tornou-se por mais de duas décadas um papel previsível sem esclarecimentos. Hoje, o que deveria ocorrer é a materialização dos movimentos sociais dos quais por estratégias nunca tiveram sua apreciação por falta de verbas as mesmas atribuídas de forma indevida e precursoras do distanciamento dos sociais, institucionais e os públicos. Em greves estudantis vimos neste ultimos anos o que todas as gestões anteriores já sabiam e se apropriavam. Fala como Ator público e procurar nas figuras de linguagens uma instituição de paz onde milhares se perderam e outras estão sendo perdidas. As dificuldades que hoje a saúde e a cultura divorciadas da educação por mandatos políticos que procuram informações. Parabenizar ações em conjunto e a valorização junto com o saneamento. O valor da nossa população e o descaso.

 

Web Tracking
Já visitaram...